ÚLTIMOS POSTS

0

Pinceis de Esfumar Makeup Geek Comparativo

Toda mulher que gosta de usar uma sombra de vez em quando sabe valorizar um bom pincel de esfumar quando vê um. Neste post eu reuni os meus pincéis de esfumar favoritos, incluindo dupes do 217 da MAC – quase uma lenda na arte de esfumar entre os craques do universo da maquiagem.

Anos atrás não existia a variedade enorme de pincéis que estão no mercado hoje em dia e um bom olho esfumado era aquele que concentrava preto e marrom na pálpebra superior, com a cor levemente borrada no côncavo. Os pincéis de esfumar eram os destinados a criar essa maquiagem com um efeito suave na finalização do côncavo.

O que é um pincel de esfumar? É qualquer pincel que distribui a sombra sobre as diversas áreas dos olhos. Usualmente os pincéis de esfumar são gordinhos, com muitas cerdas em tamanho aproximado ao da pálpebra. As cerdas costumam ter um corte cônico ou arredondado e podem ser tanto sintéticas como naturais.

Atualmente é possível encontrar pincéis de esfumar para diferentes pontos da maquiagem dos olhos. Para sombras cremosas, os pincéis de cerdas sintéticas são melhores na transferência de produto. Produtos em pó sempre funcionaram melhor com cerdas naturais porém, a qualidade das cerdas sintéticas evoluiu muito nos últimos tempos e há ótimas opções que fazem um esfumado bonito sem deixar a dever para pincéis de cerdas naturais.

Pincéis de esfumar: Sigma E25, Pro Blending Fluff da Coastal Scents e MAC 217

Além do tipo de cerdas, a maior variação nos pincéis de esfumar é o tamanho – hoje há uma variedade absurda de tamanhos e densidades de pincéis que foi surgindo em função das maquiagens estarem cada vez mais elaboradas e detalhadas – não necessariamente tão “esfumadas”! Os pincéis menores, com cerdas mais curtas, são mais usados para esfumar cor embaixo das pálpebras inferiores ou com mais precisão no côncavo. Os pincéis mais ralos criam transições menos aparentes e os mais densos misturam melhor os tons e criam transições mais elaboradas. Na hora de comprar o que você tem que saber é que, não importa o tamanho ou o formato mas, quanto melhor o pincel for capaz de distribuir a cor, melhor ele é para esfumar.

Sigma E25, Pro Blending Fluff da Coastal Scents e MAC 217

Nove a cada dez videos de maquiagem que a gente vê no YouTube tem algo em comum: o pincel 217 da MAC balançando nas mãos das vloggers do mundo todo criando cada make mais lindo que outro! O pincel 217 da MAC é uma unanimidade entre maquiadores e amantes de maquiagem. Realmente o 217 é tudo de bom!

As cerdas do 217 são naturais e o formato é perfeito para depositar e espalhar sombras em pó ou cremosas na pálpebra. As cerdas são muito macias e o corte dá ao pincel um formato que se encaixa no côncavo parcialmente, enquanto algumas cerdas ficam mais curtas, ao redor, justamente espalhando a cor com um efeito suavizado. A densidade do 217 ainda permite que ele transite sobre a pele com a pressão que você depositar na aplicação – mão leve para efeitos mais leves. Além de ótimo para maquiar, a qualidade do 217 é muito boa – as cerdas são muito bem coladas no acabamento metálico entre o cabo de madeira, não se vê resíduo de cola nem fica “balançando” o cabo (indício de que o cabo está descolando). Os meus são bem antigos e os lavo regularmente com detergente neutro e nunca vi uma cerda cair deles.

MAC 217 vs Sigma E25 vs CS Pro Blending Fluff

Dois dupes quase perfeitos do 217 da MAC são o Pro Blending Fluff da Coastal Scents e o E25 da Sigma. O corte dos três é praticamente idêntico, as cerdas também são naturais mas o cabo de madeira tem uma diferença de tamanho, sendo o 217 da MAC o menor. O Pro Blending Fluff da Coastal Scents é uma cópia quase fiel. A diferença é que ele tem cerdas ligeiramente menor e é mais preciso que o 217 na minha opinião – é o meu favorito atualmente para aplicar e esfumar sombra.

Já o E25 da MAC foi o meu primeiro pincel de esfumar e, apesar de ele ser ótimo, nunca fui fã. As cerdas são macias porém não tanto quanto o Pro Blending Fluff e o 217. Não gosto muito de como o cabo é longo. Eu tenho uma versão travel dele que uso muito mais.

Em termos de preço, o 217 da MAC custa U$24, o E25 da Sigma custa U$14 e o Pro Blending Fluff da Coastal Scents custa apenas U$4.95! Eu prefiro comprar quatro Pro Blending e ter sempre um pincel limpo do que um 217 da MAC. No Brasil o 217 custa R$ 109 onde vende MAC. Sigma e Coastal Scents não são vendidos oficialmente no país.

Pincéis de Esfumar

Da esquerda para a direita: Sigma E25, Coastal Scents Pro Blending Fluff, MAC 217, Real Techniques Base Shadow Brush, Pincel de esfumar genérico da Target, UBU 35, Elite Blender da Coastal Scents e Pincel de Esfumar da Macrilan.

Eu considero o 217, o Pro Blending Fluff e o E25 a “realeza” dos pincéis de esfumar aqui em casa mas há outras boas opções no meu kit que vale à pena mostrar. O Shadow Brush da Real Techniques é um desses e o destaque vale por ser de cerdas sintéticas e ótimo para esfumar produtos cremosos. Ele oficialmente não é um pincel de esfumar mas por sua densidade e tamanho, durante a aplicação do produto é possível espalhar o mesmo com facilidade. As cerdas são macias e ele deposita bastante cor enquanto seu formato irregular no corte suaviza as beiradas sem dificuldades. O Shadow Brush da Real Techniques é meu favorito para aplicar primer nos olhos, Paint Pot ou qualquer base cremosa na pálpebra. Ele também é ótimo para fazer um olho esfumado só com lápis pois consegue mover o produto mais facilmente do que o próprio 217 da MAC. O Shadow Brush da Real Techniques vem num kit de olhos da marca que custa cerca de R$ 80 na Americanas.com e outras lojas que vendem a marca no Brasil.

Na foto acima, todo pretinho e sem nome, é um pincel muito bonzinho. Infelizmente nem marca ele tem! Comprei na Target nos EUA e deve ter custado U$1! Esse pincel é muito bacana porque ele é bastante denso e tem as cerdas longas. Ele é ideal se você quiser levar o esfumado para um outro nível, ir além do côncavo com a cor pois o comprimento dos fios consegue esfumar as cores suavemente em direção à sobrancelha, sem que a parte densa que concentra a cor saia do encaixe do côncavo. Apesar das cerdas desse pincel serem sintéticas, elas são muito macias e fazem um trabalho bonito ao esfumar – não recomendo para depositar cor pois ele tende a deixar farelos de produto cair!

Pinceis de Esfumar Makeup Geek Resenha

Seguindo a linha dos grandões, o pincel UBU 35 tem cabo branco e cerdas roxinhas. O nome é Pincel de Aplicação Controlada. Comprei num kit da marca faz um tempão e adoro ele! As cerdas são sintéticas e, apesar de denso no miolo, fica bem ralinho nas pontas. Mais um que consegue mover a sombra na pálpebra concentrando produto no centro e esfumando nas beiradas. Eu adoro porque é o tipo de pincel que você usa para uma maquiagem básica no dia-a-dia e te ajuda a obter resultado rapidamente. Eu costumo pegar qualquer sombra marrom com ele e aplicar na pálpebra, esfumando no côncavo apenas uma cor. Fica um olho marrom com profundidade sem esforço. O UBU 35 ainda é uma mão na roda na hora de viajar porque as cerdas limpam muito fácil e secam muito rápido – é o meu pincel que mora na necessaire de viagem para sempre! O kit da UBU com o UBU 35 e outros dois pincéis custa cerca de R$30 e vende em farmácias e perfumarias.

Outro pincel bacana que entrou para o meu kit faz pouco tempo é o Elite Blending da Coastal Scents também. Ele era para ser uma versão sintética do Pro Blending Fluff mas não é! O formato é mais magrinho e as cerdas tem menos variação de tamanho e um corte mais reto. É mais um pincel bom para esfumar primer, bases cremosas e lápis na pálpebra. Como ele é bem “magrinho” eu gosto muito dele para esfumar a pálpebra inferior. O Elite Blending é um pincel muito bonito além de bom! O cabo de madeira clara e o acabamento em metal escuro realçam a tonalidade esbranquiçada das cerdas que, mesmo sintética, são muito macias. O preço é o mesmo do Pro Blending Fluff, U$4.95 – imbatível!

Para fechar, o último pincel do meu kit de esfumar que gosto bastante é o pincel de esfumar da Macrilan. Eu já falei no blog que gosto bastante dos pincéis da marca, que são uma ótima opção em termos de custo x benefício e, melhor, fáceis de encontrar nas farmácias e perfumarias no Brasil. Eu tenho alguns pincéis da Macrilan, não só de esfumar sombra e o ponto mais negativo deles é o cabo! Vira e mexe eu tenho que pegar uma SuperBond, depositar nas beiradas do metal e apertar bem na madeira para colar o pincel no cabo. Fora isso, a qualidade das cerdas é boa. Os meus pincéis de esfumar da Macrilan não tem número, são bem antigos e, tirando a cola do cabo, tenho eles há muitos anos. As cerdas não são tão macias como as do 217 ou do Pro Blending Fluff mas são macias o suficiente para a área dos olhos. O pincel é bom para esfumar tanto produtos cremosos como em pó, constrói bem a cor e uso muito para começar a maquiagem ou finalizar – com um pincel limpo esfumando as cores. O preço dos pincéis da Macrilan variam bastante mas é possível comprar por menos de R$ 7 um pincel de esfumar como o meu.

Se você estiver começando um kit de maquiagem, eu super recomendo você experimentar os pincéis da Coastal Scents – eles entregam no Brasil e tem muita gente que vende no Mercado Livre também. A qualidade dos pincéis deles costuma ser muito boa e o preço é muito camarada. Se o din din estiver sobrando, o 217 da MAC é certeza de satisfação mas, seja qual for o pincel, o principal é você descobrir sua própria técnica e esfumar e encontrar a ferramenta que lhe deixa mais confortável. Espero que esse (imenso) post tenha ajudado!

O pincel 217 está disponível na Sephora no Brasil e em todas as lojas físicas da MAC e online. Algumas farmácias e perfumarias vendem Real Techniques, UBU e Macrilan. A Coastal Scents e a Sigma não vendem oficialmente em lojas mas enviam para o Brasil. 

0

Resenha Effaclar BB Blur La Roche-Posay

Eu não sou uma pessoa fã de BB ou CC ou DD ou qualquer letra cream não mas confesso que fiquei bem curiosa quando o Effaclar BB Blur da La Roche-Posay chegou nas prateleiras pela promessa: o tal efeito blur de disfarce óptico que amo tanto! Fora isso, o Effaclar BB Blur nada mais tinha a me oferecer uma vez que é indicado para peles mistas e oleosas  e, como minha pele carece de óleo, controle de oleosidade não é a minha praia num produto! Mesmo assim, eu posso dizer que o Effaclar BB Blur é um produtinho muito bacana, que não resseca a pele e é uma boa alternativa para a base no dia-a-dia.

O Effaclar BB Blur vem num tubo plástico com 30ml de produto. Girando a tampa, o tubo é maleável, fácil de dosar o aperto e controlar a quantidade de creme liberado. A caixinha do BB Blur segue a identidade visual da La Roche-Posay com todo tipo de orientação, desde a descrição oficial, até validade.

A proposta oficial do Effaclar BB Blur, segundo a La Roche-Posay, é cobrir com naturalidade oferecendo imediatamente o efeito “borrão”, disfarçando imperfeições na pele, mantendo a oleosidade sob controle por até 9 horas. Isso tudo com SPF 24.

 

Effaclar BB Blur La Roche-Posay Resenha

Na prática o Effaclar BB Blur é uma mousse siliconada com cor, um misto entre um primer siliconado e uma base em mousse.

A textura do Effaclar BB Blur é incrivelmente leve, quase aerada. É um produto muito leve e cremoso no sentido de ser maleável, fácil de trabalhar. Ele é cremoso e seco ao mesmo tempo, levemente aveludado sem pesar. Quando espalhado sobre a pele, ele vai aderindo como uma segunda pele, cobrindo e realmente disfarçando de imediato as imperfeições e poros.

Com uma “ervilha” de produto é possível cobrir todo o rosto com uma fina camada. Eu uso duas “ervilhas” para ficar com a pele mais uniforme pois, tenho bastante vermelhidão e, como o tom do BB Blur é bem mais escuro que o meu tom de pele, preciso esfumar bastante produto para não criar um efeito máscara entre o rosto e o pescoço.

A tonalidade é o maior defeito do Effaclar BB Blur – ele só é vendido em uma cor no Brasil que, definitivamente, não é universal. Acredito que seja bacana para quem oscila entre o NW25 e NW45 da MAC – fora desse nicho, acho difícil funcionar pois o Effaclar BB Blur não é o tipo de produto com cor translúcido ou adaptável – ele tem uma boa pigmentação que cobre e a cor aparece na pele. Para  mim que uso NC20 (uniformiza com o meu pescoço), ele é muito “Pocahontas”! Meu truque é usar um pó com cor para finalizar a pele, suavizando a transição entre o rosto e o pescoço para um aspecto mais natural. Funciona bem para o dia.

Para mim, a melhor forma de aplicar o Effaclar BB Blur da La Roche-Posay é com as mãos. Com pincel a textura aerada tende a ficar riscada na pele e a cobertura fica comprometida. Com as mãos é possível espalhar e pressionar mais produto onde você precisa de mais cobertura, criando uma melhor aderência entre o produto e a pele.

A cobertura do Effaclar BB Blur é leve a média depende da quantidade de produto que você aplicar e como esfumar. O BB Blur consegue suavizar a vermelhidão do rosto, disfarçar olheiras e até melasmas mas, dependendo do grau, não consegue cobrir totalmente. Eu particularmente não gosto de construir camadas com ele pois apesar da textura sequinha e leve, ainda é um produto siliconado que tende a se mover sobre o rosto.

Logo após aplicado o acabamento fica lindo! A pele fica suavizada, com aspecto semi-mate e um toque aveludado. Realmente o Effaclar BB Blur disfarça as imperfeições quase instantaneamente e parece que a pele sofreu um Photoshop. Se não fosse a cor tão diferente da minha pele, ele passaria desapercebido, uma pele natural bastante melhorada! 

Eu uso o Effaclar BB Blur sobre o meu hidratante e filtro solar, apenas pela manhã para atividades corriqueiras ou um almoço entre amigos. Uso um pó nas beiradas do rosto para disfarçar a diferença de tonalidade, blush e bronzer, nada mais! Isso porque o BB Blur parece não secar nunca, carimba o celular e eu tenho a sensação que tudo irá se mover sobre ele! Se você tem pele mista ou oleosa, pode fixar com um pó finalizador mas em mim, não funciona! O Effaclar BB Blur não me oferece hidratação e, após algumas horas, já evidencia o ressecamento natural da minha pele. Mesmo assim, a cobertura se mantém razoável por umas quatro horas em boa parte do meu rosto.

Efflaclar BB Blur da La Roche-Posay na pele

Muita resenha faz questão de explicar que o Effaclar BB Blur não é um BB Cream mas o que é um BB Cream afinal senão um creme com cor e algum benefício para a pele? Dentro desse conceito, sim, o Effaclar BB Blur é sim um tipo de BB Cream cujo os benefícios são o controle de oleosidade e o disfarce óptico das imperfeições da pele. A própria La Roche-Posay em seu La Roche-Posay o descreve como sendo uma base com esses benefícios.

O Effaclar BB Blur é uma boa alternativa à base se você tem um tom de pele similar ao do produto, poros grandes e precisa de um produto para ir para a escola ou faculdade. Eu não acredito que ele controle de fato a oleosidade por 9 horas mas definitivamente não é um produto para peles secas ou ressecadas.

Eu paguei R$ 73 no Effaclar BB Blur da La Roche-Posay numa promoção de lançamento mas o preço que mais vejo nas farmácias é R$109. Pesquisar preço é tudo!